top of page

Sistema Energético para a CEDEAO: Operacionalização do Sistema de Informação Energética (EIS-CEDEAO)





A Comissão da CEDEAO está organizando de 29 de março a 2 de abril de 2022, em Accra, Gana, um workshop anual sobre o Sistema de Informação de Energia da CEDEAO (CEDEAO-IS). A concepção de um sistema de informação de energia regional é uma das principais atividades e componentes do programa "Melhoria da Governação do Sector Energético na África Ocidental (AGoSE-AO)", financiado pela União Europeia até 32 milhões de euros através do 11.º FED. Falando virtualmente na abertura do workshop de Accra, a Sra. Anastasia OIKONOMOU, Representante da União Europeia, elogiou o excelente trabalho realizado na criação do sistema regional de informação energética, que é o trampolim para a concretização de uma série de compromissos regionais no setor energético. Estes incluem o mercado único para a compra e venda de energia elétrica e a transição para a energia verde. Ela instou a Comissão da CEDEAO e suas agências especializadas no setor de energia a trabalharem em conjunto para alcançar os objetivos do programa AGoSE e programas futuros. No seu discurso durante a cerimónia de abertura deste workshop, o Sr. Sédiko DOUKA, Comissário da CEDEAO responsável pela Energia e Minas indicou que o processo de implementação do EIA-CEDEAO começou desde 2019 com resultados já muito convincentes, nomeadamente: (i) o estabelecimento de uma plataforma web do sistema de informação sobre energia da CEDEAO já publicada no site da CEDEAO; (ii) o recrutamento de um especialista em energia e banco de dados EIS em tempo integral para coordenar e gerenciar a Plataforma; e (iii) Coleta e entrada de dados de 2010 a 2019 no SIE. A Comissária DOUKA lembrou também que a região da África Ocidental tem uma taxa de acesso baixa, de cerca de 53%, apesar dos progressos significativos realizados pelos Estados-Membros, como o Gana, que regista uma taxa de acesso de 87%.


Segundo o Comissário para Energia e Minas da CEDEAO, uma vez operacional, este sistema deverá permitir o fornecimento de dados e informações atualizadas por país e consolidadas a nível regional, abrangendo todas as características (consumo, produção, abastecimento, fontes de energia, fluxos, etc.) e controle da situação energética na África Ocidental. Estes dados são essenciais para conhecer a situação atual e projetada do setor e, a longo prazo, permitir uma tomada de decisão sustentada para enfrentar os desafios do setor energético. Por último, a Comissária DOUKA apoiou a ideia dos líderes da África Ocidental de não interromper o financiamento de projetos que utilizam combustíveis fósseis, em particular o gás natural que é conhecido por não ser poluente. Por último, apelou aos parceiros técnicos e financeiros para que sejam mais realistas no tratamento deste dossier. Prosseguindo para a abertura oficial do workshop, o Sr. Lawrence APAALSE, Director de Gabinete que representa o Ministro da Energia do Gana, indicou no seu discurso que a disponibilização de uma base de dados fiável e eficaz é uma mais-valia para qualquer país no sector da energia porque esta ferramenta é fundamental para o planejamento de médio e longo prazo e a tomada de decisão adequada. A experiência do Gana nesta área reflecte-se na publicação anual de uma análise da situação energética do país e da sua evolução através do "Energy Outlook of Ghana". O Director de Gabinete do Ministro da Energia do Gana, finalmente, saudou o desenvolvimento de tal sistema a nível regional. Isso permitirá um melhor planejamento dos investimentos e estabelecerá políticas socioeconômicas. Durante os cinco dias de trabalho, vários resultados serão apresentados aos participantes, nomeadamente: (i) a situação energética na região da CEDEAO e sua evolução; (ii) a qualidade das estatísticas de energia nos Estados-Membros e (iii) a plataforma web de divulgação de informação e os desafios para a sua melhoria. Serão também formados na utilização de questionários comuns para recolha de estatísticas sobre energia e eficiência energética, na metodologia de recolha de dados e nas ferramentas utilizadas no contexto do desenvolvimento do balanço energético e dos indicadores regionais. . Por fim, os especialistas validarão os dados estatísticos consolidados em nível regional no período de 2010 a 2019. Os Pontos Focais designados pelos Estados participam dos trabalhos do workshop (estatísticas energéticas e eficiência energética); a União Europeia; peritos da Direcção de Energia e Minas da CEDEAO, bem como de agências especializadas da CEDEAO responsáveis ​​pela energia (WAPP/WAPP, CERREC/ECREEE, ARREC/ERERA).


6 visualizações

Comentarios


bottom of page